Documentários viram armas na guerra entre Globo e Record

23/08/2009

Segundo o Folha Online, o embate Record x Globo chega aos documentários. A Record comprou na quarta-feira (19) os direitos de “Muito Além do Cidadão Kane”, produção inglesa de 1993 com pesadas críticas à Rede Globo. Em contra-ataque, a Globo negocia “Universal, Uma Ameaça ao País dos Crentes” (2002), documentário francês inédito no Brasil e no YouTube.

Veja trechos dos documentários:

“Universal, Uma Ameaça ao País dos Crentes”

“Muito Além do Cidadão Kane”


Anúncios

Globo versus Record

17/08/2009

Os ataques global contra a Igreja Universal do Reino de Deus – IURD – desencadearam um histórico conflito midiático sem precedentes no país. O fato já é tema de fervorosos debates acadêmicos entre os comunicólogos de todo o Brasil, pois não se trata de uma “guerra santa”, como alguém está a pregar, porém de uma investida global contra a Rede Record, devido sua avassaladora expansão no cenário de entretenimento televisivo e o crescente faturamento publicitário da emissora paulista.

Não é novidade o crescimento administrativo e cumulativo da Rede Record, os cursos de Administração, Comunicação e Marketing vem desde alguns anos vem estudando o modelo de expansão e sucesso da empresa do bispo Edir Macedo, a forma como ele adquiriu a emissora falida e a tornou a segunda maior do Brasil (“rumo à liderança”). O estrondoso e perturbador sucesso da Rede Record é reflexo do crescimento da Igreja Universal do Reino de Deus, desde 9 de julho de 1977, data da sua fundação, se tornando a terceira maior no país.

Segundo informações do IBGE, senso realizado em 2000, o número de evangélicos no país atinge a marca de 26 milhões de fiéis. Deste total, 74% concentram-se na Assembléia de Deus, Congregação Cristã no Brasil e IURD, que conforme fonte própria,  afirma possuir mais de 8 milhões de seguidores.

A IURD tornou-se fenômeno de massas, em 30 anos foi capaz de reunir fiéis ao redor do mundo, ingressar no cenário da política nacional, e movimentar a economia do país através de empresas como gravadoras, editoras, construtoras, rádios, televisões e Internet.

O bispo Edir Macedo é um dos empreendedores mais bem-sucedido desta geração, porém quanto às práticas da teologia da prosperidade e suas ramificações afirmo sua contrariedade à luz da Bíblia sagrada, todavia vale a pena considerar as armas desta guerra midiática observando o que foi veiculado pelos meios de comunicação. Veja abaixo o resumo da batalha travada em a emissora do bispo e a poderosa pratinada da família Marinha:

I- O Promotor

Este processo movido contra a IURD tem lances curiosos. O promotor do processo Roberto Porto é um velho conhecido dos noticiários. O promotor ficou afastado do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) de novembro de 2003 a abril de 2004, por causa da divulgação da gravação do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, reclamando do Regime Disciplinar Diferenciado na penitenciária de Presidente Bernardes. A entrevista foi levada ao ar pelo Fantástico da TV Globo. Coisa que não podia ter acontecido porque a entrevista foi gravada com uma câmera amadora, pelo próprio promotor com a história de que precisava para anexar ao processo. Veja notícia aqui.O promotor teve a desfaçatez de dizer que a matéria foi para a Globo por engano.

II- A Juíza.
A juíza titular da 9ª vara que recebeu e acatou o caso é Patrícia Alvarez Cruz, que misteriosamente se licenciou dando lugar a outro juiz dias antes de o caso ser apresentado em sua vara. Mais, esta mesma juíza foi mulher de Roberto Porto, coisa confirmada pelo próprio o que faria com que se ela recebesse o processo, pela ligação com o promotor, seria tudo muito suspeito. Mas, não continua suspeito??

III- O Caso.
O caso contra a IURD seguia em segredo de justiça até vazar exatamente na Globo. O repórter Rodrigo Vianna entrevistou o procurador Roberto Porto por telefone, Porto quase não falou nada, só dizia que ia saber se poderia falar, mas inexplicavelmente vazou tudo para a Globo.

A REDE GLOBO TEM TELHADO DE VIDRO?
A Rede Globo não deixa passar em branco uma noticia envolvendo um dito evangélico, e tiver um crente no meio pode ser num sitio isolado um caso de roube de galinhas que ela noticia no seu jornal principal, ao contrário se um evangélico faz algo de bom, de notório não sai uma linha, uma palavra. Bem ela acusa, mas tem a Globo moral para acusar?

a) A Praça Pública que a Globo se apoderou em São Paulo. Existe em São Paulo uma praça pública que a Globo se apropriou indevidamente da mesma, o terreno de 11. 618, 40 m, se localiza junto a sua sede paulista e é usada para seus funcionários fazerem exercícios, lá ninguém entra, tem vigia par impedir isso, e está cercada.

b) O empréstimo ilegal para o Projac. A compra e construção da área que hoje é o Projac foram feita com um empréstimo dos cofres públicos. Por ser concessão pública a Globo não poderia fazer tal empréstimo, mas misteriosamente a Caixa Econômica Federal deu. A Globo pagou já? Não sei.

c) A compra ilegal da TV Paulista hoje Globo São Paulo. Osvaldo Ortis Monteiro dono da TV Paulista vendeu a mesma a Vitor Costa. Mas o mesmo morreu antes de a transação ter sido concluída. O filho Vitor Júnior, assumiu o que não era seu e vendeu a Roberto Marinho. Mas, como você pode perguntar, para fazer isso não são necessários documentos? Sim, observe:

1- Os documentos eram falsos. As datas erradas, e dois dos que assinaram já estavam mortos.

2- Os documentos apresentam CIC de pessoas, mas em 1953 e 1954, não existia ainda o CIC.

3- A máquina de escrever, o tipo de letra que escreveu os documentos só foi inventada em 1970.

4- Em 2003 o Ministério Público mostrou que a documentação foi fabricada e a ação está correndo no STJ, misteriosamente demorando.

Sem falar no caso conhecido da manipulação das eleições no rio de Janeiro quando Leonel Brizola foi candidato em 1982, o famoso caso da Proconsult. Brizola foi tão caluniado pela Globo que ganhou na justiça o direito de resposta no Jornal Nacional onde Cid Moreira foi obrigado em 15/03/1994, a falar que a Globo era um veiculo manipulador e enganador, de braços dados com a ditadura e sem autoridade moral. Veja aqui o vídeo. E no empréstimo ilegal do BNDES para a Globo Cabo. Veja Aqui as noticias.

Não proponho julgamentos, cabe a Justiça brasileira examinar os fatos e definir a sentença aos culpados. Oremos para o retorno iminente de Jesus, enquanto eles se digladiam pelo domínio do mercado, “nós” vamos escapando dos holofotes da mídia.

Fontes:

http://www.youtube.com/watch?v=EuyfXUDT_V8

http://www.bdtd.ufpe.br/tedeSimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1872

http://gracaplena.blogspot.com/


Pastor presidente da convenção baiana é agredido com dois socos no olho em Porto Seguro

04/08/2009

O pastor presidente Valdomiro Pereira da Silva e comitiva da CEADEB (Convenção Estadual das Assembleias de Deus na Bahia), no dia 21 de julho estiveram em Porto Seguro na tentativa de sanar um conflito entre a igreja do município e a congregação do distrito do Arraial d’Ajuda, que desejava sua emancipação.

No desenrolar da reunião os ânimos se alteraram, havendo grande tumulto por parte dos envolvidos, e o pastor Valdomiro Pereira sofreu dois socos no olho por um cidadão estranho ao meio evangélico. Segundo o registro policial, o autor da agressão foi identificado como “Zé Preto”, que chegou ao local em companhia do pastor José Carlos dos Santos, presidente da Assembleia de Deus em Porto Seguro.

A CEADEB determinou a intervenção da Assembleia de Deus em Porto Seguro e o afastamento do pastor José Carlos de suas funções.

O fato foi parar na delegacia de polícia, onde ambos os pastores registraram boletins de ocorrência alegando que foram agredidos na confusão.

É comum conflito como este no mundo secular, mas no Reino não!

Lamentamos mais um escandaloso acontecimento envolvendo a liderança assembleiana.